Monthly Archives: junho 2019

Mudanças no índice de correção aumentará prestação da casa própria.
   Anthony  Lima  │     14 de junho de 2019   │     16:18  │  0

Financiar a casa própria poderá aumentar e muito as prestações do financiamento, caso o propenso mutuário opte a alterar o índice de reajuste que hoje é a TR – Taxa Referencial, pelo IPCA – índice de Preço ao Consumidor Amplo, bem como, alterar o sistema de amortização, permitindo uma possível capitalização.

É que a Caixa Econômica Federal anunciou que pretende adotar o indexador IPCA, aos novos contratos de financiamento a partir do final deste mês (Junho/19), bem como a opção de escolha da Tabela PRICE ou SAC – Sistema de Amortização Constante, como sistemas de amortização do financiamento.

Assim, considerando a adoção destas medidas, urge a necessidade de propor uma reflexão em relação aos mesmos, visando ajudar os novéis mutuários, na hora de firmar seu contrato de financiamento habitacional.

A troca de indexadores hoje em dia não se mostra favorável ao mutuário, uma vez que o contrato de financiamento habitacional leva em média de 20 a 30 anos e se pesquisarmos as evoluções da TR e do IPCA, verifica-se que a Taxa Referencial-TR hoje em dia está praticamente zerada, ao passo que o Índice de Preço ao Consumidor Amplo – IPCA é o que mede a inflação e tem um comportamento mais imprevisível do que a TR.

Portanto, não se tem dúvidas de que trocar a TR pelo IPCA encarecerá o financiamento habitacional.

Por outro lado e agora pontuando a questão dos sistemas de amortização, o anúncio da Caixa não traz nenhuma novidade, já que a legislação do Sistema Financeiro Habitacional prevê a possibilidade de escolha pelo mutuário na adoção dos sistemas de amortização do saldo devedor, desde que o agente financeiro mostre as características de cada um e consequentemente seu impacto durante o prazo do financiamento.

Desta forma, fiquem atentos no momento em que for firmar seu contrato e peçam a planilha de custo efetivo total, bem como, o demonstrativo de impacto em relação aos indexadores financeiros e aos sistemas de amortizações.

Até a próxima.

>Link  

Renegociação e redução de juros a partir de hoje
   Anthony  Lima  │     10 de junho de 2019   │     11:34  │  0

A Caixa Econômica Federal anunciou que a partir de hoje 10 de junho de 2019, irá renegociar as dívidas relativas aos contratos imobiliários com seus inadimplentes. Além disso irá também reduzir as taxas de juros, como forma de estimular o consumo e com isso reaquecer o mercado.

O programa de renegociação de dívidas inclui também os contratos do Minha Casa Minha Vida, estimando cerca de 589 mil contratos em todo o País.

Para isso, os inadimplentes poderão dá uma entrada e incorporar o restante do débito ao saldo devedor. Neste ponto é bom que o mutuário peça a planilha de custo efetivo total, para verificar quanto será o seu débito após essa incorporação.

O mutuário inadimplente poderá ainda utilizar o saldo de sua conta do FGTS para reduzir os valores das prestações, seguindo claro as regras do Fundo, podendo ainda alterar a data de vencimento de sua prestação.

A Caixa ainda orienta que o cliente que não se enquadrar nos critérios estabelecidos deve procurar uma agência e verificar a possibilidade de acordo.

Já no tocante a redução das taxas de juros, as mesmas passarão ao patamar de 8.5% ao ano mais a TR – Taxa Referencial, para o Sistema Financeiro de Habitação – SFH, o qual abrange imóveis de até um milhão e meio e com a possibilidade de utilização do FGTS.

Já para imóveis superiores a este valor, seja residencial ou comercial e financiados pelo SFI – Sistema Financeiro Imobiliário a taxa também ficará no patamar de 8.5% ao ano mais a TR.

A Caixa ainda anunciou outras medidas que possivelmente serão tomadas nas próximas semanas ou meses.

Bom amigos, aqui fica a dica: antes de se fazer qualquer negociação, analisem primeiro as propostas apresentadas e verifiquem se as mesmas se adequam ao orçamento familiar, para que com isso se evitem mais débitos ou constituição de novas dívidas sem lastro financeiro para quitá-las.

>Link